Clincorp
Publicações

Dor no Peito

Postado em 06/12/2017

A dor torácica, popularmente conhecida como dor no peito e muito comum nas consultas médicas, é uma sensação subjetiva, ou seja, depende de vários fatores associados como estado emocional, condição clínica geral do indivíduo bem como da causa da dor. O indivíduo pode experimentar uma dor no peito de grande intensidade e não apresentar uma condição ameaçadora à vida e, por outro lado, pode apresentar uma dor no peito leve no contexto de uma doença gravemente ameaçadora à vida.
 
O coração localiza-se dentro da caixa torácica que, por sua vez, é formada por diversas estruturas que recebem inervação própria e podem ser origem da dor. Dessa forma, dentro e revestindo o tórax, temos o coração, o pericárdio (membrana que reveste o coração), os pulmões, a pleura (membrana que reveste os pulmões), cartilagens, ossos, músculos, esôfago, traquéia, brônquios, tecido gorduroso, pele, vasos linfáticos e vasos sanguíneos. Diversas doenças que acometem esses órgãos podem se manifestar com dor no peito, seja na sua porção anterior (frente) ou posterior (costas).
 
A dor no peito se manifesta por diversas características que, em conjunto e bem avaliadas, sugerem onde se origina a dor, se do coração ou não. Além disso, as características individuais da pessoa também são consideradas na avaliação da dor no peito, permitindo assim uma maior ou menor valorização de uma determinada dor, a depender das doenças prévias do indivíduo, hábitos de vida e história familiar. A partir disso, é possível estimar o risco de um determinado indivíduo apresentar um infarto que, aliado às características da dor e o resultado de exames complementares, direciona o médico ao diagnóstico correto da dor torácica. Causas não orgânicas, como o transtorno de ansiedade, também pode levar ao surgimento da dor.
 
Por outro lado, os demais órgãos e estruturas do tórax também podem apresentar dor no peito de características que sugerem a sua origem. Como exemplo, a dor no peito causada por uma pneumonia em um indivíduo com febre, tosse com catarro e achados sugestivos em um raio-x do tórax ou a dor no peito causada por uma doença do refluxo gastroesofágico.
 
A avaliação cardiológica permite a avaliação das características de cada sintoma, a solicitação de exames complementares necessários e um correto diagnóstico, bem como o seu tratamento.
 
Consulte seu cardiologista!

Outras Publicações

  • Fale por telefone

    35 3522-7700

    35 9 9176-8011

  • Faça-nos uma visita

    Rua José Merchioratto, 174, 1°andar (Térreo)
    Passos, MG

  • © 2021 CLINICORP . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.